Tuesday, August 31, 2010

FANTÁSTICO! NÃO PERCA

Vejam este sketch e deliciem-se com o à vontade de uma simpática gordinha e a limpeza com que despacha o assunto.

Fantástico!

http://www.youtube.com/watch?v=7g_zntMAtGE

Monday, August 30, 2010

TOUREIO A CAVALO

video

O meu amigo Toni enviou-me o filmezinho que anexo (tento...) para que se deliciem com a elegância e agilidade dos cavalos.

Espero que não se chateiem muito com os ferros que vão sendo cravados nos touros, com o sangue, etc.

Pensem numa boa cabidela, numa boa chouriça de sangue, numa boa duma morcela (é tudo de porco, eu sei, mas de boi bravo talvez não seja mau, não?) e, claro!, nas bifalhadas, costeletas e entrecosto que o touro proporcionará quando, finda a peleja, der a alma ao criador.

Ao Criador, não ao ganadeiro...

ONDE E QUE ESTA O WILLY BLACK?

Dou um doce a quem descobrir um preto neste pic nic - tea party, mais precisamente.

GATA PRETA AO PEQUENO ALMOÇO

Hoje, enquanto tomava o pequeno almoço e lia o jornal numa esplanada que descobri em Albarraque, na peregrinação semanal à Beloura, reparei nesta gatarrona que por ali andava, lambendo compulsivamente uma ferida.

Tive muita dificuldade em lhe apanhar os olhos, amarelos e muito expressivos pois, assim que lhe apontava o telele o bicho vinha disparado para cá do foco ... ou virava a cara displicentemente.

As duas em que lhe apanhei os olhos foram tiradas quase à surrelfa, com o telele de pernas para o ar, apontando quase à balda.

Nessas fotos, o calcanhar que aparece é meu - vejam só a pirueta para ter a mão do lado de cá da gata e tirar-lhe a foto...

Enjoy!

MAIS OSCAR WILDE - ESTE TIPO ERA O MAXIMO!!!

Esta frase aplica-se a um magote de gente que ocupa persistentemente a ribalta.
De certo modo, aplica-se a todos nos...

Saturday, August 28, 2010

OBJECTOS QUE NOS LIGAM À VIDA (?)

O disparo acidental da máquina fotográfica do telemóvel deu esta mistura de tampa de pendrive (um toque de côr entre os preto e o beige), do coldre do BB, cabos de ligação a (...?), capa de cheques, um canto da pochette de cintura, sombras e brilhos vários ...

Momento Zen: ponham a foto alargada a todo o monitor, baixem a luz da sala, ponham a televisão no canal 151 (se for música suave, deixem estar; se não, ponham qualquer coisa entre o som das baleias e o ruído do mar ao longe), olhem para a imagem e deixem-se invadir pela tranquilidade de um dia terminado, descontraiam, recostem-se, elevem as pernas...

Tá-se bem...

Wednesday, August 25, 2010

OS NOSSOS ESPIOES NO LIBANO...

Leiam esta que tem graca e "assunto". Refere-se a entrevista do MINDEF sobre mandar uma equipa de espioes para o Libano. Ou tera sido para a Trafaria...

5 ANOS 5 A ESPERA DE 99 CHICOTADAS E DO APEDREJAMENTO ATE A MORTE

Com a padralhada no poder, qual e o espanto?
Hoje no Irão, anteontem na Europa.
Haverá amanha para o islamismo militante e extremista? Ate quando os escravizados pelos mullahs vao atura-los?!

FRASE ABSOLUTAMENTE LAPIDAR!!!!

Este tipo parece ler em mim como num livro aberto.

Que pontaria. Carago!

FRANCISCO LOPES - QUEM?!

O PCP foi desencantar, das profundas do seu CC, BP e Secreriado, um kamarada desconhecido dos portugueses para fazer de conta que se candidata à Presidência da República.

Os esquerdalhos estão à frente, com quatro candidatos, cada qual o mais bizarro.

Cavaco deve estar a rir-se .

Eu também: AHAHAHAHAH!!!!!!

Monday, August 23, 2010

RAIOS E CORISCOS

Esta belíssima foto foi colocada pelo meu colega Brito no Facebook (tirou-a em Miami) e estou a transpô-la para aqui devidamente autorizado.

A minha fixação em trovoadas, trovões e relâmpagos ficou da infância quando vivi no Lubango (então Sá da Bandeira), cidade cercada quase toda a volta por montanhas.

Em dias de trovoada, era um espectáculo dos diabos, com a cidade toda cercada por raios de todos os tamanhos e feitios e para todos gostos, com côres desde o branco deslumbrante ao vermelho mais ou menos deslavado, de distante.

O cagarim que acompanhava a trovoada era uma cacofonia de estrondos ensurdecedores (de exclamar: "caíu aqui mesmo!!!") ao ruído de fundo do ribombar distante.

Quando morávamos no Alto da Conceição, caíram-nos duas faíscas em casa, uma num dos dois coruchéu que encimavam, pretensiosos, a fachada; a outra, na chaminé mesmo por cima da nossa cozinha quando a minha mãe se encarregava do jantar. Sob um clarão intensíssimo e um estampido ensurdecedor choveram bocados da chaminé que arruinaram o jantar e deixaram a minha mãe meio abananada e de cabelos em pé. Ficou com um medo imenso das trovoadas, que ainda hoje não perdeu.

Desgraçadamente, nesses tempos ainda não tinha máquina fotográfica (tinha 9 ou 10 anos...) nem cacei nenhuma foto de um desses espectáculos que tanto me ficaram na memória.

O raio do Brito, ainda que solitário, é uma amostra das dezenas que iluminavam o céu do Lubango naquele tempo.

ESTE GAJO E COMPLETAMENTE IDIOTA. BENZA-O S. LENINI...

FIM DOS CHUMBOS - NUMA PERSPECTIVA MUITO INTERESSANTE. A SERIO!

Vejam no Publico de hoje uma carta de Santana Maia Leonardo, um habituee da secção Cartas a Directora.
Muito interessante!

Thursday, August 19, 2010

LA MER, CE GRAND SCULPTEUR

Duas fotos da escultura de Folon "La mer, ce grand sculpteur".

Ainda não encontrei as fotografias que tirei durante a montagem da exposição no castelo de S. Jorge.

Mas eu não desisto!

Saturday, August 14, 2010

O DIABO (TAMBEM) VESTE ZARA

Finalmente encontrei à venda um livro da autoria do meu colega João Pedro Ribeiro sobre eqtiqueta, bom gosto, aprumo, descontracção ... muito do que num homem moderno pode ajudar a causar uma boa primeira imagem. E, naturalmente, também a segunda imagem e as imagens seguintes.

Mas a primeira imagem que causamos é marcante, é essencial. É que, como refere o João Pedro, não temos segunda chance de causar uma boa primeira impressão.

Ainda não li o livro todo - acho que é mais um livro para consulta, para se ler sobre um tema e deixar os outros para consultas seguintes - mas o que li pareceu-me muito interessante. Não é que eu seja versado na matéria e apto a criticar cabalmente a matéria lida.

O meu contacto com manuais de etiqueta é curto e superficial. Resume-se ao manual de etiqueta que me deram no primeiro ano da Academia Militar ("Saber viver" era, salvo erro, o título) e ao Manual de Etiqueta do Zé Vilhena.

Do primeiro, retive dois ensinamentos muito importantes: não olhar descaradamente pelas janelas das caves adentro nem perguntar a uma senhora se "Está BOA?" (pergunta-se, com ar seráfico, "como tem passado?").

Do segundo, retive que é recomendável tratar as meninas de 16 anos como se tivessem 17 porque elas, muitas vezes, reagem como se tivessem 18...

Retive ainda dos ensinamentos do Vilhena que não se come uma bacalhauzada com todos como se come uma espanhola do Maxime. O manual do Vilhena metia-se em aspectos do saber viver em que, muitas vezes, pensamos que as boas maneiras não têm cabimento. Nada mais errado!

O João Pedro dá-nos boas dicas sobre como (o que) vestir em diversas situações (bem me lixou com aquela de que os suspensórios têm que ser abotoados às calças e que suspensórios de molas são para putos...), sobre boas maneiras à mesa (por essas e outras é que tenho uma caixa de palitos no carro...), etc, etc.

Ainda por cima está bem escrito e com graça.

Parabéns, João Pedro!

O SÍTIO DS MULHERES MORTAS - INÊS PEDROSA

Cliquem no texto para ampliar e ler

Não percam o texto que o Expresso traz hoje sobre a atitude dos tribunais e, é bom dizê-lo, da nossa sociedade (de nós próprios) face à violência doméstica.

Muitas vezes (demasiadas vezes) a violência doméstica termina com a morte da vítima - a mulher, quase sempre.

Muitas vezes também, o agressor "excede-se" depois de ter proporcionado à mulher uma vida inteira de violência, um calvário interminável de maus tratos e humilhações.

Não há muitos anos, a mulher tinha que escolher entre o maridinho que às vezes se exaltava e lhe dava uns tabefes (também, ela era respondona e um homem não é de pau...) tinha que escolher, dizia eu, entre o maridinho e uma vida de pobreza, a esfregar escadas alheias ou na prostituição, pois grande parte das mulheres eram domésticas, dependiam do maridinho para a bucha diária.

Mas hoje a situação é radicalmente diferente: não obstante grande parte das mulheres trabalharem fora de casa, não dependerem do maridinho para a bucha nem para os alfinetes, na verdade é muito difícil a mulher quebrar a relação e acabar com a vida de maus tratos a que o casamento a sujeitou.

Isto, em grande parte, porque a sociedade (nós outros) falha no apoio que a vítima de maus tratos deveria ter, falha no castigo que o agressor devia sofrer, mormente desde que a violência doméstica passou a crime público.

Que fazer?

Não sei muito bem, mas seguramente que ajuda alguma coisa a divulgação dos casos concretos, a ventilação do problema, a discussão do que fazer aos agressores e como ajudar as agredidas.

E (que diabo!) entre a pena de morte e a pena suspensa, entre o oitenta e o oito tem que se chegar a um equilíbrio que afaste o agressor da agredida e garanta àquele que a impunidade tem mesmo um fim.

Tem que ter!

Friday, August 13, 2010

GRANDE BOCA!

Não conheço o grunho (ai de mim!) mas a frase é lapidar:

O TÉDIO É A DESGRAÇA DAS PESSOAS FELIZES.

... e é terrível, se aprofundarmos a coisa.

FECHAR GUANTANAMO: SOLUCIONA O QUE?!

O Editorial do Público de hoje, a primeira página e mais duas páginas inteiras, a 2 e a 3, clamam contra Guantánamo.

Não a base, encravada em território cubano, mas o campo onde estão arrecadados os terroristas caçados no Afeganistão, na sequência do 11/9.

Fechar Guantánamo?

Claro!

... desde transfiram aquela malta para outra prisão até serem julgados.

O VIAGRA E A TERCEIRA (OU QUARTA...) IDADE

Uma amiga minha ficou muito chocada quando se apercebeu que o lar onde o pai se encontra incluía um Viagra entre os comprimidos que os velhotes tomavam depois do jantar.

Isto é incrível! refilou ela, qual é a ideia, afinal?!

A resposta veio simples e clara:

O Viagra evita que os velhotes rolem e caiam da cama durante o sono.

E esta, hã?!

Thursday, August 12, 2010

KHMERS VERMELHOS - MAIS VALE TARDE...

Há crimes que não devem prescrever. Desgraçadamente a vida e curta e a morte permite que muito bandido fuja ao castigo.
Não foi este o caso.
Ainda bem!

Wednesday, August 11, 2010

FINALMENTE O DESABAFO DE QUEIROZ

Clique para aumentar e ler e use a lupa no cursor

Tanta merda, tanto mistério por causa disto:

"Por que é que estes gajos não vão fazer o controlo para a cona da mãe do Luís Horta?!"

Até o pateta do secretário de Estado veio a público, indignado, considerar o caso gravíssimo!

Por amor de Deus!...

Monday, August 09, 2010

VARIACOES EM TORNO DA FELICIDADE

Shakespeare, pelos vistos, ja se tinha apercebido de quao fundamental e a gestão da expectativas para a nossa felicidade...

Sunday, August 08, 2010

PARDAIS AO NINHO!!!

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: E VÃO 16 - IGUALADA A MARCA DE 2009

Clique na imagem de texto para ampliar e ler

Afinal, não foi preciso muito tempo para que a conta das vítimas de violência doméstica em 2010 ultrapassasse a de 2009.

O Público noticia hoje a 16ª vítima - o que iguala a conta de 2009 - e ainda temos mais quatro meses (quase cinco...) para se passar de londe as 20 mortes.

O homicida de hoje resolveu matar-se depois de matar a mulher que abonava com frequência e método, a crer no que a vizinhança disse ao reporter.

É pena que não tenham dito antes.

Ou se calhar disseram, mas a polícia esteve-se nas tintas, vá-se lá saber...

Friday, August 06, 2010

OS COMUNAS E AS CRISES DO CAPITALISMO

Clique no texto em imagem para ampliar e ler
É um gozo ver o modo como este comuna empedernido se baba todo e se vem (desculpem-me a expressão mas não encontro outra mais adequada) ao falar das crises cíclicas do odiado sistema capitalista.

A julgar pelo do Público de hoje, a actual crise leva já quatro anos...

Kamarada, haja esperança!

Se calhar é desta que o sistema cai e estarão de volta os amanhãs que cantam, anunciados pelos destacados kamaradas Ulianov (a quem chamavam Lenin por ser oriundo de Leninegrado), Zé Stalin (alcunha por se ter iniciado na agit prop em Estalinegrado) e Alvarinho Cunhal (assim chamado pelo gosto apurado em matéria de vinhos verdes) .

Os kamaradas estão a ficar impacientes pois o capitalismo não há meio de cair (como diz o ditado e a canção, nem tudo o que luz é oiro e nem tudo o que balança cai) enquanto que todos os regimes comunistas já caíram após décadas de agonia, de crise permanente, apenas restando, para (má) amostra, a Coreia do Norte e Cuba.

Os amanhãs têm que ser melhores, mesmo que as cantorias não sejam as prometidas...

Até amanhã, kamaradas!

Thursday, August 05, 2010

SERÁ SÓ GRALHA?!

Clique na imagem para ampliar e ler

A aversão aos números, ou melhor a verdadeira incompreensão do que são um milhar, um milhão, um "bilhão", etc, etc, afecta a generalidade dos jornais e dos seus agentes (ou das suas gentes...).

Os novos valores das empreitadas, a acreditar no jornal Público, seriam todas iguais: € 782.679.584.

Ca ganda coincidência!!!!

Wednesday, August 04, 2010

IRAO, FAROL DAS LIBERDADES...

O Publico traz hoje a noticia que aqui vos deixo.
Como dado complementar, o "adultério" foi cometido depois da morte do marido!!!
E quer o imbecil do ahmadinejad discutir com o Obama os problemas do mundo...
Mohamed Reza Pahlevi regressa que estas perdoado.
. . . . . .
Para os leitorzinhos mais novinhos, refiro-me ao ultimo Xa, deposto pelo tresloucado Aiatola Komeini.

Tuesday, August 03, 2010

CAMPEÃO NACIONAL PUXA SACO!!!!

Clique para ampliar e ler

Vital Moreira, este antigo PC convertido às virtudes da terceira via, deu em puxa saco do Sócrates com uma verdadeira dedicação canina.

Fez uma tristíssima figura como candidato ao Parlamento Europeu, mostrando uma falta de jeito completamente inesperada para mim.

Realmente a experiência política do rapaz limitava-se ao PC, onde os comunas têm que saber a cartilha (chama-se "ter segurança teórica"...) e levantar a mão nas alturas devidas, sempre com o rabo do olho atento ao modo como o controleiro ou o Chefe Cunhal levantava a sua (ou não levantava) para não serem apanhados s defender posições "incorrectas".

Leiam só o primeiro período da louvaminha que o Público de hoje traz: ele acha que os jornalistas, se tivessem vergonha, deviam estar já "...a pedir desculpa pelas aleivosias que cometeram em relação a Jose Sócrates..."

O parvo chega a dizer que não foram só os jornais caceteiro da oposição que acusavam o Sócrates, mas jornais de referência de todo o espectro partidário.

Conclui o parvo, ignorando tudo o que veio a público (nbem vale a pena entrar em pormenores) , que esses jornais de referência se envolveram numa campanha metirosa contra um tipo impoluto.

E acha que o facto de o Tribunal não o ter pronunciado é sinónimo de ele estar inocente.

Ganda lata!

É jurista, claro...

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA - ESTA MERDA TEM QUE ACABAR!

Clique na imagem para ampliar e ler

E vao catorze! Creio que aumentar as penas não basta, como não bastou ter passado a crime público (dispensando a queixa da vítima).

É preciso uma atitude diferente da sociedade, diferente da indiferença (quando não a "boca" jocosa) perante uma vizinha que "apanha" do marido.

E deixemo-nos da treta de que a vítima pode ser o homem. Claro que pode mas entre estas 14 quantos são homens? Zero! E no ano passado? Um em 16 casos, salvo erro.

Se o marido bate na mulher, É PRECISO METER A COLHER!!!

Sunday, August 01, 2010

RECORDAM-SE DA NOJOUD?

Se não se lembram, vejam aqui a estória de uma miúda de dez anos "dada" em casamento (em troca de umas centenas de dólares) a um marido de 32 anos. Na noite de núpcias o tipo não foi de intrigas e consumou o casamento, consumação (ou consumição...) que prosseguiu de vento em popa nos meses seguintes.

A miúda teve uma aberta e fugiu de casa. Apresentou-se a tribunal e depois de algumas peripécias foi-lhe concedido o divórcio.

O pai e o marido foram absolvidos.

Um ponto a destacar, que o livro refere mas não destaca: a miúda não sabia para onde fugir nem o que fazer e foi a segunda mulher do pai, analfabeta e vivendo de esmolas, que lhe deu o conselho de ir a tribunal porque era dever do juíz ajudar os desprotegidos. Fantástico!

Se arranjarem o livro não deixem de o compar até porque os direitos de autor revertem para a educação da catraia que quer ser advogada para defender as miúdas sujeitas à provação por que ela passou.

O problema dos casamentos precoces é muito grave no Yemen e é uma das principais causas de 70% das mulheres serem analfabetas. A honra (esse conceito merdoso, suporte de todas a Mafias e perpetuador de muitas injustiças) impede a família de tentar meter a sua colher entre o marido e a mulher e leva até a situações perfeitamente inconcebíveis.

Se não, reparem: no Yemen, uma catraia de 9 anos morreu três dias depois do casamento com um noivo adulto (consumado, claro!); o pai da miúda apressou-se a pedir desculpas ao noivo e, como reparação (!), deu-lhe a mão (e o resto...) de uma outra filha, de sete anos.

It's a men's world, it's a mad world!